Buscar
  • Marcos Avelino

COMO FAZER PROJEÇÃO DE CRESCIMENTO EMPRESARIAL?


OS ELEMENTOS PRIMORDIAIS PARA O CRESCIMENTO

Antes de conhecê-los um por um, é preciso ter em mente que qualquer previsão precisa levar em consideração situações favoráveis e desfavoráveis. Apesar de o otimismo ser muito importante para um empresário, ser capaz de enxergar as situações a partir de um olhar mais pessimista pode ajudá-lo a elaborar cenários mais realistas que protejam seu negócio das flutuações do mercado.

Assim, a sugestão é que você exercite sua dose saudável de pessimismo sem perder o entusiasmo. Afinal, a partir dessa projeção, torna-se possível fazer simulações e testar hipóteses para que seu negócio alcance um crescimento saudável e escalável.

Para tanto, utilize uma gama variada de fontes de dados e saiba transformá-los em insights, a fim de que deem suporte à tomada de decisões mais inteligentes. Confira, a seguir, algumas dicas que separamos com o intuito de ajudá-lo a ser bem-sucedido nisso.

01 - Faça um estudo de mercado

Para se destacar em relação aos seus concorrentes é preciso conhecê-los muitíssimo bem. Por meio de um estudo de mercado bem elaborado, você se aprofunda no segmento em que sua empresa está inserida. A análise SWOT (ou FOFA, em português) é uma ferramenta que o habilita a conceber estratégias mais assertivas de crescimento. Com ela, você viabiliza o diagnóstico de seus pontos fortes, dos fracos, das ameaças e das oportunidades do seu negócio.

Também é muito importante conhecer em detalhes o perfil do seu cliente e do mercado consumidor como um todo. Tais informações são indispensáveis na hora de definir seus objetivos com mais precisão.

02 - Defina metas

Se você costuma dedicar um bom tempo para aprender cada vez mais sobre sua empresa, não terá muita dificuldade na hora de elaborar suas metas. Afinal, com uma visão realista e tendo informações detalhadas como base, fica fácil analisar o que pode, de fato, ser alcançado ou não.

Tome como referência, por exemplo, um planejamento anual e avalie o ambiente econômico para defini-las. Veja, a seguir, alguns exemplos de metas.

  • aumentar o número de clientes ativos em 20%;

  • lançar três novos produtos no mercado;

  • reduzir o custo fixo em 5%.

03 - Analise o ritmo do ciclo financeiro

No processo de projeção de crescimento, você terá que analisar alguns dados históricos. Um deles é o demonstrativo de lucros e prejuízos dos últimos anos. A partir deles, você é capaz de prever possíveis situações e identificar períodos de sazonalidade.

Por exemplo: ao analisar os demonstrativos, pode perceber que, durante os meses de dezembro a março, suas vendas dobram por causa do verão. No entanto, há uma queda brusca entre maio e setembro. Esses são os períodos de sazonalidade.

04 - Considere o ponto de equilíbrio

O ponto de equilíbrio representa o exato momento em que suas receitas são iguais às suas despesas. Ou seja, a empresa não tem lucro nem prejuízo. Para calcular esse índice, você deve usar a seguinte fórmula: total das despesas fixas/margem de lucro bruto por unidade. O resultado indica quantas unidades de determinado produto devem ser vendidas para que a empresa atinja o seu ponto de equilíbrio. Somente a partir desse nível você pode considerar que começou a lucrar com seu negócio.

Por exemplo: imagine que você tem um e-commerce de canecas e venda cada uma delas por R$ 40,00. Cada caneca pronta com desenho é adquirida por R$ 10,00, com uma margem de lucro bruto de R$ 30,00. O seu total de despesas fixas é R$ 50.000,00. Nesse caso, seria necessário que você vendesse 1.666 canecas para atingir o ponto de equilíbrio.

05 - Preveja problemas com o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é o registro de toda a movimentação financeira da empresa e, por isso, sua análise permite realizar uma previsão mais segura. O ideal é que você estime quanto sobra ao final de cada mês depois de todas as contas serem pagas, das retiradas e das obrigações fiscais.

Assim, é possível verificar em qual período do ano há mais ou menos sobra de caixa, a fim de traçar estratégias específicas. Por exemplo: analisando o fluxo de caixa, você pode perceber que as vendas do seu negócio dão um salto entre dezembro e março. Esse é o período indicado para guardar o máximo de dinheiro, reforçar o capital de giro e fazer investimentos que gerem retorno para os meses de maio a setembro, quando as vendas costumam cair.

06 - Antecipe-se a possíveis crises

Fantasiar que as suas vendas serão altas é bastante fácil. Mas será que isso é condizente com a realidade econômica do país neste momento? Geralmente, o que costuma acontecer são crescimentos lentos e mais previsíveis. Por isso, o recomendado é ter uma previsão de receitas mais moderada, que não leve à compra de um estoque grande demais e à contração de uma dívida desnecessária em tempos de crise.

A dica é, além de sonhar com o melhor cenário, analisar o fluxo de caixa para traçar também a pior situação, avaliando diferentes possibilidades. Por exemplo: imagine que as suas vendas de 2017 vão totalizar um valor de R$ 100 mil, logo, um crescimento de 20%. O ideal é estimar que, em 2018, sua empresa terá uma receita de até R$ 150 mil, o que representaria uma alta de 50%.

07 - Busque o envolvimento da sua equipe

Não custa repetir que, para colocar qualquer tipo de planejamento em prática, você necessita contar com o envolvimento de seus colaboradores. Por isso, procure fazer com que todos os membros da sua equipe conheçam as metas previamente definidas e busquem alcançá-las com afinco.

Estabeleça uma cultura de maior transparência e de valorização dos seus profissionais. Por exemplo: sua empresa já conta com canais de comunicação para que as pessoas possam fazer suas sugestões e críticas para a melhoria dos processos? Mostre que o empenho de cada um é fator decisivo para o crescimento da empresa.

08 - Cresça com qualidade

Nem sempre crescimento é sinônimo de desenvolvimento. Pode acontecer de uma empresa crescer, mas piorar a qualidade do produto ou serviço que oferece. Obviamente, isso acaba sendo prejudicial para a organização. Assim, é fundamental saber crescer mantendo seu padrão de excelência, a fim de consolidar sua posição no mercado e expandir o seu negócio.

Com todas as dicas apresentadas neste post, você já está mais bem-preparado e com certeza tem mais chances de ser bem-sucedido ao desenvolver sua projeção de crescimento empresarial. Então não perca tempo! Duvidas entre em contato conosco, somos uma contabilidade focada no seu sucesso.



21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo